31/10/2016

Bolo de cenoura para bebés [receita biológica]


Muitos leitores me têm perguntado pelas receitas de bebés. As minhas amigas recém-mamãs também já me pediram que cozinhasse papas, mais sopas e bolachinhas. Enfim, é de facto um universo por descobrir.
A Camila começou há cerca de dois meses a Alimentação Diversificada e surgiram-me muitas dúvidas pelo caminho. Algumas foram dissipadas pelo pediatra, outras por uma nutricionista que conheci há pouco tempo e com quem já tenho projectos, a Catarina Trindade. A Catarina é mestranda em Nutrição Pediátrica na Universidade Católica do Porto e, como tal, é a pessoa ideal para esclarecer todas as dúvidas que tenham em relação à alimentação dos vossos bebés. Sintam-se, portanto, à vontade para lhe colocar questões, aqui na caixa de comentários.

Este bolo de cenoura foi feito para um workshop sobre Alimentação Saudável para a Família que eu e a Catarina demos na escola da Camila em parceria com a loja Bio & Natural, do El Corte Inglés Gaia Porto.
Fizemos um livro com várias receitas, todas validadas pela Catarina, e ainda cozinhei dois bolos para prova, um dos quais este de cenoura. Um verdadeiro teste: afinal, o bolo é para os miúdos, mas se eles não gostassem de que me serviria que fosse saudável?

Todos adoraram. 
A receita é muito simples. As cenouras são biológicas, com um sabor genuíno a cenoura (já repararam como é triste fazermos comentários como "Sabe mesmo a morango?", que só significa que já nos habituamos a comer alimentos que não sabem àquilo que deviam?), usei tâmaras para adoçar (em vez do açúcar) e azeite como alternativa à manteiga. Fica pronto num ápice. E pode ser dado a partir dos 12 meses de idade.



Experimentem fazê-lo na festa de aniversário do vosso bebé. Ou num fim-de-semana. Eles também merecem comer um "doce" :)

INGREDIENTES
6 tâmaras descaroçadas
1 laranja biológica (só o sumo)
2 colheres de sopa de fermento em pó para bolos
1 pitada de canela

PREPARAÇÃO

  1. Pré-aquecemos o forno a 180º C.
  2. Cozemos as cenouras e trituramos no processador de alimentos, juntamente com as tâmaras.
  3. Colocamos o preparado anterior numa taça de batedeira, juntamos os ovos, os flocos, o sumo de laranja e o azeite e batemos até obtermos uma textura homogénea. Juntamos o fermento e a canela e mexemos só até incorporar.
  4. Vertemos o preparado para uma forma pequena, previamente forrada com papel vegetal, e levamos ao forno por 20 a 30 minutos, sem ventoinha (fazemos o teste do palito para confirmar).
Sigam-nos no
&


GuardarGuardar

15 comentários

  1. É possível substituir as tâmaras por mel? Qual a proporção? Não gosto de tâmaras..

    ResponderEliminar
  2. Olá Sofia,

    Depende da idade da criança, o mel só deve ser introduzido durante o segundo ano de vida devido ao risco acrescido de intoxicação alimentar. Logo, se o bolo for para comemorar o primeiro aniversário não é muito aconselhado. Caso seja para crianças mais velhas ou adultos, já pode usar como substituto do açúcar. No entanto, posso dizer-lhe que provei o bolo e o sabor das tâmaras não se sente muito, apenas confere o doce, e fica muito bom.

    Catarina Trindade

    ResponderEliminar
  3. Olá!
    Parabéns pelo blog! Esta receita tem um aspeto fantástico :) Tenho intenção de a fazer, mas dá para ter noção do peso das cenouras e das tâmaras? É que o tamanho varia tanto... As tâmaras são de medjool ou das mais pequenas? Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Sofia

      Obrigada! :)
      Não pesei as cenouras para ser sincera, mas não eram muito grandes, nem muito pequenas. Não se preocupe com o peso.
      Em relação às tâmaras, usei tâmaras comuns sem caroço. Veja aqui: http://www.elcorteingles.pt/supermercado/sm2/pt_PT/520140/supermarket/mercearia/aperitivos/tamaras/tamaras/0105220753814886___?publicNav=true

      Um beijinho e boa receita! Quero o feedback depois :)

      Eliminar
    2. Parecem-me das normais, não são das medjool, essas são maiores e não é preciso colocar tantas tâmaras... Já agora, por falar em tâmaras, estas precisam de ser demolhadas antes de triturar?

      Eliminar
    3. Olá, Cristina
      As tâmaras são as comuns, não as medjool. Mas pode usá-las também, em menor quantidade. Não é preciso demolhar.

      Obrigada e um beijinho
      Ana

      Eliminar
  4. Olá! Será que posso substituir o azeito por oleo de coco e as tâmaras por uva passa? O que opina?! E se achar boa ideia, em que proporção? Obrigada!!

    ResponderEliminar
  5. Olá, Ana

    Eu sei que é possível usar-se óleo de côco em pastelaria, mas eu nunca o fiz pelo que não lhe consigo recomendar quantidades.
    Não se esqueça, porém, de que o óleo de côco não deixa de ser uma gordura saturada. Poderá dar a partir dos 12 meses do bebé.
    Em relação às tâmaras, pode substituí-las por passas, mas não conseguirá um sabor tão doce. Nesta receita, o equivalente serão umas 15-20 passas.

    Obrigada por nos ler! :) Um beijinho

    ResponderEliminar
  6. Bom dia, vou experimentar para o primeiro aniversário do meu filho. Visto que não tenho experiência com bolos de forno, e sabendo que a resposta será sendo aproximada, quanto tempo é que devemos bater a massa para que fique homogénea mas sem exagerar? (Na minha última experiência, fiz um bolo que ficou completamente solado). Obrigada e parabéns pelo blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Sahara

      Diria que bater uns dois minutos é mais do que suficiente para conseguir uma mistura homogénea.
      O importante no caso, para garantir que o bolo não fique denso e pesado, é o fermento em pó, as duas colheres de sopa. Não há nada para correr mal :)
      Um beijinho
      Fico à espera do feedback

      Eliminar
  7. Bom dia,

    O bolo parece-me, de facto, delicioso. Mas o que não consigo achar coerente é os ingredientes serem biológicos e depois acrescentar tanto fermento no bolo. O fermento não é prejudicial? Não há inconveniente de usar tanto fermento?

    Obrigada pela atenção dispensada.

    Anabela Gomes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Anabela

      O fermento é a única forma para o bolo crescer e não há problema em usá-lo.
      Também pode comprar fermento biológico! :)

      Um beijinho

      Eliminar
    2. Olá,

      Obrigada pela atenção!

      Fico mais descansada :)

      Beijinho

      Eliminar
  8. Considera que resulta substituir os ovos por "ovos de linhaça"? Obrigada 😊

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Eu sou uma fã acérrima de ovos biológicos de galinhas criadas ao ar livre e, como tal, nunca sequer me passou pela cabeça experimentar ovos de linhaça. Não sei dizer se funciona nesta receita, mas seria interessante de um ponto de vista vegan ter bolos sem proteína animal, claro.
      Caso decida fazer o teste, depois conte como correu :)
      Obrigada pelo comentário!

      Eliminar

© SWEET BIGAS. All rights reserved.