20/11/2015

Bolachinhas de limão e gengibre



Nesta altura do ano há sempre um ou dois tabuleiros destes a sair do forno – deve ser a minha quota parte de gula e de espírito outonal/natalício/romântico a dar à costa.

Não costumo comprar bolachas no supermercado (além das Maria, quando me apetece ou preciso para outras aventuras), mas também não passo os domingos a providenciar mantimentos para a semana. Era só o que me faltava.

Esta receita é uma combinação clássica e gosto dela por vários motivos:
é simples (faz-se com ingredientes básicos), é rápida e é infalível (sai sempre bem e atenua imenso os enjoos da gravidez, por exemplo). 
As bolachinhas têm um sabor intenso a limão e a gengibre (se formos generosos nas quantidades, claro) e, além disso, têm pouco açúcar e farinha integral, que ajuda na digestão e na saciedade.
Chama-se a isto ver sempre o copo meio cheio.






Também podem aproveitar para as oferecer no Natal, incluindo cortes com formas alusivas à época.
Depois, basta distribuírem as ditas por embrulhos de celofane transparente e pôr um lacinho a condizer.


INGREDIENTES

50 g de margarina amolecida 
110 g de açúcar amarelo
1 ovo
Raspa de um limão grande (ou dois pequenos)
1 colher de café (rasa) de canela em pó
1 pitada de sal fino
1 colher de sopa de gengibre fresco ralado
200 g de farinha super fina sem fermento Nacional
50 g de farinha integral Nacional
1 colher de chá de fermento para bolos (Royal)



PREPARAÇÃO
  1. Pré-aquecemos o forno a 180º.
  2. Numa taça de batedeira, batemos a manteiga, o açúcar e o ovo até obter uma textura homogénea. Juntamos a raspa do limão, a canela, o sal e o gengibre e continuamos a bater.  Sejam generosos no limão e no gengibre, porque é isso que vai dar sabor às bolachinhas.
  3. De seguida, misturamos a farinha e o fermento e peneiramos para a taça. Envolvemos até incorporar.
  4. Na bancada polvilhada com farinha, estendemos a massa com o rolo até cerca de 0,5 cm de espessura. Cortamos a massa com utensílios próprios para bolachas.
  5. Colocamos as bolachas num tabuleiro forrado com papel vegetal e levamos ao forno cerca de 10 a 12 minutos (sem ventoinha) ou até estarem douradas.
  6. Depois de frias, guardamos num frasco hermético.

Tenham um óptimo fim-de-semana.

[O Sweet Bigas também está no Facebook e no Instagram (@anachaves)]






1 comentário

  1. Dia de avozar, juntar os netos pequenotes e passar a tarde na cozinha.

    ResponderEliminar

© SWEET BIGAS. All rights reserved.